Previdência privada e IR: tabela progressiva ou regressiva?