Série #LançamentoPix: por quê e como usar o Pix no meu negócio

A nova ferramenta de pagamentos instantâneos pode tornar suas transações comerciais mais eficientes, segurar e convenientes

Os empreendedores só têm a ganhar com a utilização do Pix como método de pagamento em suas empresas. Seja um varejista, um produtor de bens ou um prestador de serviço, os comerciantes contam com diversas vantagens ao utilizar um método instantâneo e seguro para transferir dinheiro, tanto para negócios que vendem de forma digital quanto de forma física.

Por que utilizar o Pix para receber e enviar dinheiro aos seus clientes e fornecedores?

Em primeiro lugar, porque não há limitações de dias ou horários para o pagamento e recebimento de dinheiro e os custos de operação ainda são menores.

Além disso, com o Pix, você tem a mesma facilidade de receber o pagamento em espécie, mas sem a necessidade de troco ou o risco de roubos e furtos.

Outro ponto muito positivo é que nessa nova forma de pagamento, a plataforma digital é administrada pelo Banco Central, o que diminui a necessidade de intermediários.

No caso do comércio eletrônico, ainda existe a vantagem adicional da eficiência nas operações de compra: o processo logístico de envio e gestão da mercadoria pode ser acelerado, por conta da confirmação rápida do pagamento, que é realizado em poucos segundos.

Quais modalidades de pagamento podem ser oferecidas aos consumidores?

  • Comerciante que quer o QR Code à mão do cliente

Os comerciantes podem imprimir um código QR Code que fica exibido ao cliente, seja de forma digital ou física, por meio de cartazes.

Na hora de pagar, o cliente escolhe a opção “Pagar com o Pix” e utiliza a câmera do celular para ler o código e pagar pela transação comercial.

É muito útil para os empreendedores que vendem produtos com poucos formatos ou formatos únicos de preços para sua mercadoria.

Se você é um vendedor de pipoca, por exemplo, pode deixar o QR Code à vista dos clientes, e realizar a mesma transação de forma repetida, com clientes diferentes.

  • Comerciante que quer gerar um QR Code a cada compra

Existe também a opção de gerar diferentes códigos QR Code para cada compra, de acordo com o valor e quantidade dos itens.

É uma ótima opção para restaurantes e supermercados, por exemplo.

  • Comerciante que prefere ser identificado pelo CNPJ

O estabelecimento pode deixar a informação que corresponde a sua chave Pix em local visível. Essa informação pode ser o número de telefone, e-mail, CNPJ, entre outros dados.

Essa alternativa pode ser muito útil para empresas que atendem via delivery, por exemplo.

Como implantar o Pix como forma de pagamento na sua empresa?

Primeiramente, o seu negócio deve ter uma conta transacional (contas de depósito à vista, contas de depósito de poupança e contas de pagamento pré-pagas) em instituição bancária ou de pagamento que seja participante do Pix.

Uma vez que essa informação seja verificada, o comerciante deve registrar a informação pela qual ele quer que sua empresa seja encontrada pelos clientes. Pode ser o CNPJ, número de telefone ou e-mail da organização, por exemplo.

Se você deseja utilizar QR Code como forma de pagamento, confirme se a instituição que atende você oferece a opção de pagamento via QR Code e caso ela ofereça, opte por esse tipo de transação.

Tags: consumo finanças pix

Veja mais